terça-feira, 27 de maio de 2014

Missa de Envio de Pe. Márcio Henrique é marcada por homenagens e emoção

No último sábado (24/5) na Catedral Nossa Senhora da Conceição, foi celebrada a missa de envio do pároco e vigário geral da Diocese de Campina Grande, Pe. Márcio Henrique, que assumiu a Paróquia Nossa Senhora do Rosário na noite do dia 25 do corrente.

A celebração teve início às 19h30 e contou com a participação massiva dos fiéis que lotaram a Catedral para agradecer ao padre pelos serviços prestados à comunidade, e desejar sucesso na nova missão. A celebração foi presidida pelo próprio Pe. Márcio.

Em sua homilia o presbítero lembrou que o Espírito Santo está presente na igreja, através dos sacramentos. “Só pela força do Espírito Santo é que alguém pode anunciar a palavra que toca no coração. Com a palavra temos também os sacramentos, para sentir a presença de Jesus, sobretudo o Batismo e a Eucaristia”. Pe. Marcio também falou que através do sacramento eucarístico é que podemos ter um verdadeiro encontro com Jesus.  “A Eucaristia é o corpo e o sangue de Jesus. Quando comungamos, nós estamos nele e ele está em nós.  É movido pelo Espírito Santo que a pessoa diz ‘Jesus é o Senhor’. É assim que vemos Jesus, na força do Espírito Santo”, frisou o padre. 

Ele ainda falou que o que alimenta e a condução da igreja é a fé das pessoas no Cristo ressuscitado. “Nós sabemos que Jesus está vivo. Ele morreu em sua forma humana, mas renasceu no espírito. Este Jesus vivo nos dá esse mesmo espírito, para que vivamos, através do Batismo e da Eucaristia”. No fim da sua pregação Pe. Márcio fez um pedido aos fies: “não abandonem a oração e a prática dos sacramentos. “Vivam da oração, da prática piedosa dos sacramentos”. Não é de uma forma qualquer, se for de uma forma mecânica você não vai experimentar Jesus, tem que ser de uma forma ungida” O padre ainda enfatizou que, viver um cristianismo sem os sacramentos é ir de encontro ao Novo Testamento. “Não pode ser cristãos de verdade se não tiver a Palavra e os sacramentos. Não deixem de ter uma vida íntima com o Senhor a partir da Palavra e dos sacramentos, especialmente a Eucaristia.

E finalizando o padre agradeceu e pediu aos fies que acolham o Pe. Luciano com carinho.
“Estou feliz e agradecido por este momento. E peço a vocês que continuem no serviço e acolham Padre Luciano muito bem. “Ele é uma pessoa muito boa e tenho certeza, se dará muito bem aqui com vocês, na Catedral”

Após a celebração Pe. Márcio recebeu dentre outras estas homenagens: flores de sua mãe, Arminda Mendes; flores dos coordenadores de pastoral, serviço e movimento, um álbum com fotos que retratam a sua caminhada na Catedral junto com os paroquianos (feitas pela Pastoral da Comunicação da Catedral), um cordel declamado por Alana Ramos e entregue pelas autoras Almira Araújo e Áurea Araújo, cartazes das crianças da Pastoral da Para liturgia e uma placa comemorativa da equipe de Liturgia. Em seguida, os fiéis se reuniram no salão paroquial para se confraternizarem com Pe. Marcio.

Texto: Áurea Ramos Araújo e Roberta Molina Ribeiro (Pascom Catedral)
Fotos: Pascom Catedral


Um comentário:

  1. Ótimo post!!!!
    Lembremos sempre que "Tudo é possível para quem tem fé". http://botefeamor.blogspot.com.br/
    Abraços Fraternos

    ResponderExcluir